Alaphilippe vence escapado a etapa 10.

Etapa 10 termina com vitória da Fuga e manutenção da Mailot Jaune.

A etapa 10 do Tour de France 2018, a primeira de montanha, teve largada na bela Annency e chegará em Le Grand-Bornand. Fuga vence e premia coragem do francês Alaphilippe.

Uma fuga se formou no fim da primeira montanha. Avermaet, alaphilippe, Calmejane, Pauwels, Izaguirre, Moinard, Mrtin, Gallopin, Gensik, Molard, Taaramãe, Gaudu e Gesbert desgarraram do pelotão e abriram 8´04” do grupo de favoritos.

Fuga com 13 atletas, entre eles o camisa amarela Avermaet.

Cada um deles tem seu objetivo e o destaque vai para Alaphilippe tentando assumir vencer a etapa e vestir a camisa branca com bolinhas vermelhas e Avermaet de manter a camisa amarela, tarefa bastante difícil, se tratando de um atleta que não tem características de montanha.

Um parêntese, eu assistia pela RTPTV de Portugal, e o narrador fala do herói da volta da França deste ano até o momento. Lawson Craddock (EF Education First-Drapac). O americano sofreu uma queda na 2º etapa e quebrou a omoplata e segue, mesmo em último, no tour, onde outros abandonaram, parabéns ao atleta que a cada dia mostra a superação que é o esporte.

Lawson Craddock mostra resiliência e resistência no tour de France 2018.

A prova se desenrolava, e faltando 50 km, o pelotão não demonstrava interesse em buscar a grande fuga que, se revezava e apertava o ritmo. Esperando que a definição da briga pela geral saísse nas próximas etapas nos Alpes, uma forma de se preservar é deixá-los abrir frente e vencer a etapa 10.

Na ultima subida do dia, o Col de Romme, Alaphilippe ataca a fuga e arranca para a vitória. Na tentativa de e acompanha-lo, Taaramäe, arranca mas sobra e pouco depois é superado por Izaguirre, chegando assim em terceiro. Com a vitória, Alaphilippe veste a camisa branca de bolinhas vermelhas.

Ataque de Julian Alaphilippe, para a vitória da etapa 10.

Avermaet chega em 4º lugar, segura a camisa amarela por mais um dia e ainda amplia sua vantagem para Gerainth Thomas, agora 3´10” a frente. É uma vantagem virtualmente confortável, porém com prazo de validade a vencer no final destes dias de Alps.

Etapa 11. Albertville > La Rosière Espace San Bernardo (108,5 km).

Etapa curta com duas montanhas HC uma montanha de categoria 1 e outra de categoria 2. Explosiva e tem tudo para chacoalhar a classificação geral.

Altimetria da etapa 11 do tour de France 2018..

Os favoritos a esta etapa são os lideres das equipes que almejam algo na GC. Mikel Landa tem a cara desta etapa.

Classificações.

Classificação da Etapa.

Classificação da etapa 10 do tour de France 2018.

Classificação Geral.

Classificação Geral do tour de France 2018.

Classificação por pontos.

Classificação por pontos do tour de France 2018.

Classificação de melhor jovem.

Classificação de melhor jovem do tour de France 2018.

Classificação de montanha.

Classificação de montanha do tour de France 2018.

Classificação por Equipes.

Classificação por Equipes do Tour de France 2018.

Melhores momentos da etapa 10.

 

Fonte:  ProcyclinStatsTourdeFranceCyclingNews.

Visitem as redes Sociais. 

Facebook – https://www.facebook.com/brasilciclismo.com.br/?ref=your_pages

Twitter – https://twitter.com/Ciclismo_Br

Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCu8MbBz75FkJ3YXDL-hu5rA?view_as=subscriber

About Brasil Ciclismo 58 Articles
Apaixonado por Ciclismo, programado de dados metido a jornalista! Tudo sobre ciclismo internacional é aqui no Brasil ciclismo.

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. Etapa 11 - Curta, explosiva, sensacional. Thomas vence e veste a camisa amarela. - Brasil Ciclismo

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.