Queda de Nibali, ainda rende assunto nos bastidores do Tour.

Tombo de Nibali ainda rende discussão no Pós Tour de France.

O tour de France ainda é noticia pelo mundo e na Bahrain, a situação é de litigio. A equipe avalia tomar medidas legas contra a ASO, organizadora da prova, devido ao acidente provocado por uma moto junto ao atleta Vicenzo Nibali, que foi forçado a abandonar a etapa devido há uma fratura de vertebra (ver link).

Nibali e Roglic, finalizando etapa do alpe d´Huez.

Uma possível disputa legal ocorre depois que Nibali foi derrubado em um acidente quando a corrida subiu em Alpe d’Huez. Inicialmente, suspeitava-se que o italiano foi derrubado por uma moto da organização, mas as imagens mais tarde sugeriram que o atleta estava preso na alça da câmera de um espectador. Embora Nibali tenha terminado o estágio e tenha passado para o quarto lugar, ele foi posteriormente diagnosticado com uma vértebra fraturada. Ele já passou por uma cirurgia e está planejando participar  da Vuelta a España antes de atingir o Campeonato Mundial na Áustria ainda este ano.

No entanto, o Bahrain-Merida ainda está contando o custo do desapontamento do Tour. Cartas foram trocadas entre a equipe, UCI e ASO, organizadora do Tour de France. O corpo governante do esporte (UCI), apesar de não ser responsável pelo incidente, procurou acalmar qualquer forma de tensão, enquanto a ASO expressou simpatia pela situação.

“Estamos avaliando a situação com nossos advogados”, disse Brent Copeland, do Bahrain-Merdia, ao site Cyclingnews.

Nibali foi além. Levantou-se e foi buscar os lideres, ganhando uma posição na Geral, porém mais tarde diagnosticado com uma vértebra quebrada.

“Estamos olhando para ver como e por que isso aconteceu, e por que essas pessoas entraram no lado da estrada com policiais de prontidão. Acreditamos que é uma situação em que a organização poderia ter feito algo a mais para fechar essa área. Você está a pedalar pelo Alpe d’Huez. Sabe que é uma subida onde os atletas vão começar a atacar nos últimos quatro ou cinco quilómetros, se não antes, é a subida mais importante e sabemos que haverá enormes multidões. Nós sentimos que deveria ter algo a mais para proteger essa área.

Copeland foi além:

“É um enorme dano para nós não ter Vincenzo no Tour nas últimas duas semanas e afeta a visibilidade. Um Tour de France para uma equipe tende a trazer cerca de 60 a 70 por cento de sua visibilidade anual. Eu não sei exatamente os números e estamos olhando para isso. Nós entendemos que é possível não proteger todo o percurso, mas pelo menos em Alpe d’Huez, deveria haver mais segurança para os ciclistas. Eu não quero usar outros organizadores como exemplos, mas houve melhorias em outras corridas quando se trata de proteger os atletas em estradas realmente estreitas.

No Tour de France, o presidente da UCI, David Lappartient, disse à Cyclingnews que esteve em contato tanto com a equipe quanto com a ASO e procurou mediar uma resolução.

“Como presidente da UCI, eu escrevi uma carta para o Sr. Prudhomme e falei com ele. Eles adicionaram mais barreiras este ano do que em anos anteriores. No inicio da montanha (Alpe d´Huez) havia barreiras nos km iniciais, depois um trecho sem e nos últimos 4 km a ASO disponibilizou 500 seguranças para conter os torcedores. Os sinalizadores de fumaça estavam proibidos, mas mesmo assim existia pessoas com eles”, disse Lappartient, presidente da UCI.

Em conversa entre Lappartient e Copeland, o francês disse que a Bahrain para seguir em frente nas medias legais precisa provar que o Tour foi negligente e responsável pela queda de Nibali.

Eu acredito que isso faça parte do show. Quando os atletas passam com o publico tão próximo e não ocorre acidentes, todos exaltam, mas quando algo da errado a postura muda e critica. Na minha opinião, ou muda tudo e controla esse povo, tirando essa essência de proximidade entre ciclistas e publico ou convivemos com isto. O que vocês acham?

Fonte:  CyclingNews

Visitem as redes Sociais. 

Facebook – https://www.facebook.com/brasilciclismo.com.br/?ref=your_pages

Twitter – https://twitter.com/Ciclismo_Br

Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCu8MbBz75FkJ3YXDL-hu5rA?view_as=subscriber

About Brasil Ciclismo 58 Articles
Apaixonado por Ciclismo, programado de dados metido a jornalista! Tudo sobre ciclismo internacional é aqui no Brasil ciclismo.

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.